10 Verdade & Mitos Sobre a Gravidez!

em 28 janeiro 2022



O que não para de crescer durante a gravidez, além do barrigão, são as dúvidas. Por isso separamos algumas frases e bordões que são muito comuns de ouvirmos durante a gestação para desmascarar os mitos e revelar as verdades que toda gestante precisa saber!

 

Afinal de contas, é natural que a gestante tenha muitas dúvidas e, às vezes, equivocadamente, acabam buscando conselhos de pessoas que já passaram por essa situação sem ao menos saber sobre o que se tratava de fato.

 

Sabemos que há muitas coisas envolvendo a gestação e agora vamos te ajudar a desvendar esses mistérios ocultos.

 

1- “Grávidas não podem fazer exercícios”

 


Foi-se o tempo que as gestantes faziam quase um repouso integral. Hoje em dia, entre uma academia e outra você encontra uma gestante praticando seus exercícios. Mas, claro, de forma moderada, sem muito esforço e, principalmente, acompanhada por um especialista na área.

 

O que as futuras mamães devem tomar cuidado são com as indicações da internet. Nem todo treino ou modalidade são recomendados durante a gestação, por isso a importância de um acompanhamento profissional. E aí, mamãe, partiu treino?

 

2- “Grávidas não podem se depilar”

 

Misericórdia! Ainda bem que isso é uma mentira, né? Inclusive, um dos métodos mais recomendados para as gestantes é a depilação a cera. Somente a depilação a laser deve ser evitada no período gestacional, uma vez que ainda não existem estudos sobre o impacto da radiação nos bebês no útero.

 

3- “As gestantes não podem fazer sexo”

 

Que bobagem! As gestantes podem e devem manter sua vida sexual ativa sim. Nesse período é normal a libido aumentar, e isso acontece devido a grande quantidade de hormônios que estão fervilhando em seu organismo.

 

Mas, claro, deve-se ter atenção em caso de anormalidades, como o sangramento, por exemplo. O sexo só é proibido em caso de gestações de risco ou em situações específicas onde o médico da gravidinha identifica algum problema que pode ser agravado com as relações sexuais.

 

4- “Grávidas podem pintar o cabelo”

 

Alguns especialistas não recomendam tingir o cabelo nos três primeiros meses de gestação, pois é esse período que a formação dos órgãos fetais é mais intensa. Mas passando por esse primeiro trimestre, aí sim, você pode tingir e aproveitar para mudar de visual nessa nova temporada da sua vida. Ah! É importante lembrar que não só com tintas de cabelo, mas todo e qualquer cosmético é importante ler o rótulo, pois se houve contra indicações, elas estarão descritas lá.

 

5- “A grávida passará sentir gostos e cheiros diferentes”

 


Muito por conta das mudanças hormonais, durante a gestação a futura mamãe pode e vai apresentar alterações no olfato e paladar, o que é uma das possíveis causas para o “desejo” que muitas gestantes sentem em consumir alimentos bem específicos e algumas vezes até inusitados.

 

6- “O formato da barriga indica o sexo do bebê”

 

Quem nunca ouviu essa frase sobre o sexo do bebê daquela tia mais idosa: “Se a barriga for pontuda, é menino; se estiver mais arrendondada, é menina”?  Esta é outra situação para lá de mentirosa e muito recorrente durante a gestação.

 

O formato da barriga e o sexo do bebê não estão relacionados, é a anatomia e genética da gestante que vão influenciar na forma como a barriga vai crescer.

 

7- Grávidas não podem introduzir bebidas alcoólicas e nem fumar

 

Álcool na gravidez? Nem pensar! Segundo os médicos, não existem estudos que comprovem o consumo seguro na gestação, tanto de bebidas alcoólicas como de tabaco. Na verdade, o consumo do cigarro não é recomendado nem mesmo fora da gestação.

 

O ideal é não consumir. O cigarro aumenta os riscos de parto prematuro, problemas com a placenta e bebês de baixo peso. Além disso, os bebês também correm mais risco de morte súbita. E a cerveja é fator de risco para o desenvolvimento da Síndrome Alcoólica Fetal, que pode levar a deficiências físicas e distúrbios de neurodesenvolvimento.

 

8- “O ideal é dormir do lado esquerdo do corpo”

 

Ta ai, uma verdade curiosa! Quando a gestante se deita em cima do lado direito, pode haver uma compressão na veia cava, causando mal-estar e elevação da pressão arterial. Como isso não acontece ao se deitar sobre o lado esquerdo, essa é a melhor opção durante a gravidez.

 

9- “Chupar limão faz os enjoos diminuírem na gravidez”

 

O limão é uma fruta cítrica, rico em vitamina C e seu consumo durante a gravidez é absolutamente seguro.

 

Pelo fato de haver as alterações hormonais deixando os paladares mais sensíveis, o consumo dessa fruta, por muitas vezes, tão acida, faz com que a gestante passe a ter aversão por vários alimentos, mesmo aqueles que eram seus preferidos antes da gravidez.

 

10- “Grávidas não podem dirigir”

 


Se a gestante não tiver nenhuma restrição médica, ela pode dirigir com até às 34 semanas de gravidez (que correspondem a 8 meses de acordo com a tabela gestacional). Muitos profissionais da saúde costumam recomendar que grávidas parem de dirigir a partir desse período porque, após os oito meses, os níveis de concentração e os reflexos da mulher tendem a ficar reduzidos, o que aumenta o risco de acidentes.

 

Continue por dentro de tudo!

 

Clique aqui, volte a página inicial do nosso blog e saiba mais sobre diversos assuntos a respeito do mundo materno!

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo