De Katy Perry a Luana Piovani, Mães Famosas Falam Sobre Mudanças no Corpo Durante e Após Gestação

em 09 janeiro 2022



 Desde o inicio da gestação até o pós parto o corpo da mulher passa por diversas alterações, isso, porque o organismo precisa se adaptar a nova vida que está sendo gerada. 
Por muito tempo, famosas apareciam nos canais de comunicação exibindo sua gravidez e até pós parto de forma não muito "real" e "romantizando" alguns tabus sobre o assunto, fato é que postar a realidade não era uma boa fonte geradora de likes e seguidores. 
O dom de gerar uma vida deve sempre ser visto como algo maravilhoso, uma dádiva de fato, mas ainda mais importante é mostrar experiências reais de mulheres reais. Sabemos que nem todas as mudanças que acontecem no corpo são tão agradáveis, algumas são até bastante dolorosas e outras podem mexer com a autoestima da mamãe.

Algumas famosas resolveram aparecer nas mídias quebrando esse tabu e mostrando as mudanças reais pelas quais passaram no pós parto.



1) Luana Piovani @luapio

Foto de Luana Piovani, exibindo barriga flácida e inchada pós parto.
Imagem: Intagram @luapio


A atriz, modelo, apresentadora, produtora teatral e mãe de Dom, Bem e Liz, resolveu utilizar seu Instagram em 2015 para postar uma foto mostrando a barriga "flácida 
e inchada". 

Luana resolveu postar essa foto após ter recebido centenas de comentários em uma outra foto onde aparecia de biquíni. Os comentários em sua maioria elogiavam o corpo dela no pós parto. 

A legenda da foto dizia:

"O segredo é tirar a foto de cima para baixo. Barriga tá inchada, flácida, umbigo aberto e cicatriz que tá igual a testa do Frankstein de tão alta..."



2) Sthefany Brito @sthefanybrito


Sthefany Brito é mais uma mamãe famosa que se "emponderou" e não teve vergonha de mostrar os bastidores da sua gestação para seus seguidores. 

Em uma postagem ela contou que pela primeira vez durante a gravidez resolveu caminhar só de top, sem esconder a barriguinha, mas se deparou com alguns dilemas. 
Veja oque ela escreveu:

"Hoje fui caminhar e decidi ir só de top (sem camiseta por cima como seeeempre vou!), meio preocupada com a barriga, resolvi tirar uma foto pra ver como estava a barriga (olha a neurose! Eu já tinha me olhado no espelho mas queria ver como ficaria na foto, caso tivesse algum paparazzi)... Achei melhor amarrar um casaco pra disfarçar!
.
Voltei pra casa e olhando essas fotos me veio lágrimas nos olhos! Me deu vontade de abraçar essa mãe da foto! Com meu filho nos braços, olhei pra essa barriga e senti gratidão! Meu filho cresceu aí! Olha a generosidade do nosso corpo! Minha barriga cresceu pra ser casa da pessoa mais importante desse universo inteirinho! Fiquei com vergonha da vergonha q senti dela mais cedo! Então tá aqui, eu minha barriga (que continua sendo generosa diminuindo aos pouquinhos) e toda minha gratidão a ela! ❤️"


3) Rafa Brites @rafabrites

A apresentadora, escritora e palestrante é mais uma mamãe que joga no time da "maternidade sem filtros". Rafa, usa suas mídias sociais para emponderar mulheres como ela mesma descreve em sua bio:

"Encorajo mulheres a serem independentes e autênticas” (frase da bio em 2022)

Em 2017 ela usou seu Instagram para falar abertamente sobre os quilinhos que ganhou durante a gestação de Rocco, seu primeiro filho, além disso falou também a respeito de padrões de beleza inalcançáveis que podem levar a depressão.

"É muito bom se exercitar e ter uma vida saudável, mas que isso não seja algo que nos escravize ou nos deprima por ter algum padrão inalcançável como referência né?" 
Além disso, Rafa em 2022 fez um post onde fala sobre a cicatriz da sua cesárea e tudo que ela já representou e representa para ela até hoje. Fala também a respeito de procedimentos estéticos que tentou utilizar para remove-la ou ameniza-la e dar dores que sentiu em sua segunda gravidez por conta dela.

 Segue o texto: 

"Ha tempos venho querendo contar sobre a minha antiga cicatriz da cesária. Por ser uma região mais escondidinha fica difícil de fazer uma foto boa pra vcs, fiz uma mais ou menos agora, só dar zoom que da pra ver melhor. A minha cicatriz da cesária representou muitas coisas ja para mim, algumas ja superei, como por exemplo não ter tido o tão sonhado parto “normal”. Depois veio uma questão estetica… nos momentos íntimos principalmente , isso me chateava pq ela é bem grande, dura, alta e vermelha… E na nossa sociedade da perfeição, elas não são bem vindas. Então fiz todos os tratamentos existentes, corticoide, laser, refiz ela e fiz betaterapia… Mas nada adiantou. (Tmb nem todo mundo tem condições financeiras para esses tratamentos). Enfim. Ela seguiu aqui. Enfim me acostumei…a dorzinha quando colocova calça jeans, etc tudo suportável…. Ate que … engravidei outra vez, e ai , minhas amigas, pensem em uma sensação que repuxa, quanto mais a barriga cresce mais parece que ta rasgando… por ter ser dura acho que as fibras esticam e isso tem me incomodado bastante ultimamente. Como toda as manchas, pintas, seios , ficam mais escuros na gravidez, ela ficou tmb quase roxa. Ultimamente nem falo mais pro Rocco que ele saiu por ali pq ele fica assustado kkk. Quis compartilhar com vcs pq sei que muitas mulheres passam por isso, e falamos pouco né? Queria poder dar uma dica ou solução, mas não tenho ainda. Então quem sabe abrir aqui nos comentários um espaço para vcs poderem falar sobre a cicatriz de vcs (ate quem tem só uma linhazinha rars), pra agradecer a Deus rsrs. E quem tem dicas de pós operatório, tratamentos , ou conseguiu desenvolver amor pela própria cicatriz, fique a vontade . ❤️"



4) Katy Perry @katyperry




Cantora, compositora e mãe, Katheryn Elizabeth Hudson conhecida pelo seu nome artístico Kary Perry, compartilhou uma foto em seus stories, aonde mostra seu corpo pós-parto cinco dias após dar à luz a sua primeira filha Dove Bloom.

Katy aparece de calcinha e soutien para amamentação com cara de cansaço e brinca:

"Cabelos e maquiagem por: exaustão"


5) Adele @adele


A cantora britânica contou um pouco da sua experiência com DPP (Depressão pós-parto) em uma entrevista para revista Vanity Fair. (revista americana sobre cultura pop, moda e política, publicada pela editora Condé Nast Publications)

Adele contou: 

“Um dia eu disse a uma amiga ‘eu odeio isso pra caramba’ e ela simplesmente começou a chorar e disse ‘eu também odeio isso’. E foi assim… Meu conhecimento sobre depressão pós-parto ou pós-natal, como a chamamos na Inglaterra, é que você não quer estar com seu filho. Você tem medo de machucar seu filho. Você tem medo de não estar fazendo um bom trabalho. Mas eu estava obcecada com o meu filho. Eu me sentia muito insuficiente, inadequada. Eu sentia como se tivesse feito a pior decisão da minha vida… Ela pode vir de muitas formas diferentes“



Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo