Estou Grávida! Posso Fazer Exercícios?

em 06 janeiro 2022



Ver as futuras mamães treinando, fazendo caminhadas ou pedalando por aí a fora já não é mais coisa de outro mundo. O que antes era um tabu gerado pelo medo de prejudicar o bebê hoje virou cena corriqueira — e até recomendada pelos profissionais.

 Em busca de uma gravidez saudável muitas mulheres procuram fazer exercícios físicos durante a gestação, porém, em primeiro lugar, é necessário buscar orientação médica e acompanhamento de profissionais qualificados. Também vale ressaltar ser necessário que toda gestante faça o acompanhamento de pré-natal desde o momento em que descobre a gestação. Daí, então, o obstetra irá avaliar a gestante e libera-la ou não para a prática de exercícios físicos.

Mas cá entre nós, gravidez e exercícios físicos combinam super bem, viu? Manter-se ativa durante os três trimestres da gestação, promove uma maior disposição, redução de inchaço e enjoos, diminuição de dores nas costas e nas articulações. Além disso, o ato de se exercitar previne doenças como a hipertensão arterial, diabetes gestacional e excesso de peso.

 Os exercícios durante a gravidez ajudam no controle de peso.

O ganho de peso durante a gravidez acontece com todas as mulheres e também faz parte de uma gravidez saudável. Mas ainda assim, é importante manter o peso relativamente controlado, especialmente para evitar uma obesidade ou ganho de massa exagerado, que pode acabar prejudicando a saúde da grávida e também o desenvolvimento do bebê. Com isso, durante a gestação, é importante que as futuras mamães se exercitem, pratiquem leves exercícios diários, sempre orientada por um profissional da área.

Movimentar-se ajuda na hora do parto.

“O ideal é que a mulher procure iniciar a atividade física antes da gestação. Assim, quando engravidar, já estará adaptada e não haverá problema em continuá-la, desde que alguns ajustes sejam feitos com relação à intensidade, à duração e à adaptação de alguns exercícios”, orienta a educadora física, Marcella Fernandes Buchalla, visto que a gestante terá um melhor preparo muscular, facilitando ainda a rápida recuperação no pós-parto.

Indicação #secuida.mamãe

Agora, sabendo sobre a importância de exercícios durante a gestação, separamos algumas dicas para você. Mas vale lembrar que um dos primeiros pontos a se considerar na hora de começar a se exercitar é escolher os exercícios que farão parte da sua rotina. É importante escolher modalidades que sejam fáceis de serem executadas, além de serem permitidas para grávidas.

1) Musculação

Durante a gravidez muito se especula sobre a prática da musculação, mas especialistas advertem: ela está liberada! Desde que os exercícios sejam moderados, sem impacto e não sobrecarreguem a coluna, a atividade só apresenta benefícios à saúde da futura mamãe e do bebê. Esse tipo de exercício também busca trabalhar a musculatura corporal com pesos, em que a pessoa realiza movimentos específicos para atuar em um grupo muscular próprio, para tonificá-lo ou defini-lo.

2) Natação

Natação é um exercício bastante procurado por grávidas, já que ele é bastante leve e não causa riscos para o bebê. Essa atividade física normalmente realizada em piscinas preparadas para tal ou até mesmo no mar, trabalha exercícios que movimentam os braços e as pernas. Por conta da resistência da água, a sua movimentação é dificultada, o que torna essa atividade uma ótima maneira de tonificar os músculos dessas regiões, além de ser relaxante passar longos períodos na água. 

3) Alongamento

Esse é um ótimo tipo de exercício para quem quer melhorar a sua flexibilidade muscular, além disso, auxilia no relaxamento do corpo e na redução da ansiedade, muito comum durante o período da gestação. É possível fazer atividades de alongamento durante todo o período da gravidez, mas é preciso tomar muito cuidado durante o terceiro trimestre, já que o bebê poderá se machucar durante a execução de certos exercícios.

4) Pilates
Um dos grandes benefícios de fazer pilates durante a gravidez é o fortalecimento da musculatura do assoalho pélvico, além de ajudar na sustentação da barriga pelo corpo da mamãe. Ele também é procurado por quem quer corrigir e fortalecer a postura. Esse é um método que combina alongamentos com exercícios suaves, além de técnicas de respiração que ajudam a acalmar a mente. As mamães precisam tomar um certo cuidado com os exercícios que forçam o abdômen.


E agora vai uma super dica, além de muita disposição alguns exercicios também exigem um vestimenta especifica e principalmente confortável, pensando nisso, a Se Cuida Mamãe desenvolveu sua própria calça legging para gestantes, que vamos combinar: É a peça mais coringa que não pode faltar no guarda-roupas de uma mamãe ativa né? As leggings da SCM foram projetadas para proporcionar segurança e muito conforto durante toda a gestação, seu cós além de ser mais alto possuí uma mega elasticidade que apesar de proporcionar firmeza, não aperta a barriga. Além disso nossas calças possuem um forro exclusivo que trás total segurança para QUALQUER exercício garantindo 0 transparência! Corre lá na nossa loja pra conferir, é só clicar aqui!

 





Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo